Óleos Essenciais: Vale a pena investir no difusor?


Vale a pena investir em difusor ou aromatizador? Quais benefícios, pensando sobre os óleos essenciais?

Primeiramente, os dois tem como propriedade para aromatizar o ambiente, mas quando o foco é usar com óleos essenciais já temos algumas diferenças para levar em conta.

Para responder essa pergunta, primeiros temos que entender a diferença entre eles:

Aromatizador: precisa ser acionado nos ambientes e sua ação é imediata

Difusores: podem ser encontrados em formato eletrônico ou com varetas. Em ambas as opções, eles liberam o aroma aos poucos.

Se você usa o óleo essencial para aromaterapia ou também para perfumar a sua casa, saiba que a escolha certa aqui é o DIFUSOR, porque você precisa respirar esse óleo para ter o efeito terapêutico e duradouro.

A escolha de um bom difusor pode influenciar em sua experiência com aromaterapia, uma vez que o aparelho determina a potência da difusão dos óleos e também na sua absorção!

Para quem não sabe o que é aromaterapia, é uma técnica natural que utiliza aromas para estimular algumas partes do cérebro.

Com isso, alguns benefícios são: aliviar sintomas de ansiedade, depressão, resfriado, traz uma sensação de bem-estar e também pode fortalecer o corpo.

Difusor elétrico: pode ser ultrassônico ou nebulizador. O ultrassônico é a melhor opção, porque preserva a integridade e as propriedades do óleo essencial.
Para escolher uma marca, dentre as diversas marcas presentes no mercado, olhe todos os detalhes.

Material (prefira os de vidro, pela maior durabilidade), área de cobertura, se tem desligamento automático ou temporizador.

Difusor de vareta: decoração simples, possui a suavidade e elegância em um toque acolhedor. Distribui o óleo na medida certa no ambiente.

Então, se você optar por esse modelo mais simples, vire as varetas com frequência, para que a aromaterapia dure por mais tempo.

Se você quer saber mais sobre óleo essencial, clique aqui.

Já segue o Hypnotique no Instagram?